Skip to content
ico-brasao-ap
GOVERNO
DO AMAPÁ
SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

Sobre Oiapoque

Oiapoque foi elevado à categoria de município em 23 de maio de 1945 e tem uma importância estratégica para o País pela sua condição de guarda e proteção das fronteiras nacionais com a Guiana Francesa. O município dispõe de grandes áreas florestais, ambientes inundáveis e litorâneos, fazendo parte de seu território áreas indígenas e uma unidade de conservação: o Parque Nacional do Cabo Orange. Sua relação étnica envolve a presença de diferentes grupos indígenas, suas histórias de aculturação e integração social e, mais recentemente, participação direta nos destinos políticos do município.

 

Atrações turísticas


Parque Nacional do Cabo Orange
 – é formado por ambientes litorâneos e de várzea que expressam parte da hidrodinâmica costeira regional.

Reserva Indígena do Uaçá – compartilhada pelas tribos Caripuna, Galibi e Palikur, é composta, em sua maior parte, por ambientes inundáveis.

Festival do caju, no mês de outubro – alusivo às potencialidades do município quanto ao cultivo da referida fruta.

Cachoeira de Grand Roche – distante poucos quilômetros da sede do município, constitui um dos pontos de referência do rio Oiapoque.

Clevelândia do Norte – antiga Colônia Militar do Oiapoque, hoje base da 1a Companhia do 3o Batalhão de Fronteira, Clevelândia do Norte é envolvida de uma larga história sobre a guarda e proteção das fronteiras brasileira.